Artigos

Habilidades trabalhadas pela educação midiática

2021-06-22-11-21-44-438

Sandhra Cabral

janeiro 26, 2023
Jornalista e Educadora

Levando-se em consideração que a educação midiática reúne habilidades que permitem acessar, pesquisar, analisar, criar, compartilhar e participar do ambiente virtual de forma crítica, hoje detalharei quais são, afinal, as principais habilidades que podem ser trabalhadas pelos docentes em sala de aula, por meio dela.

É bom sempre destacar que o campo de atuação jornalístico-midiático faz parte da BNCC da educação básica e prioriza que os estudantes sejam preparados a ler criticamente para que tenham atuação ativa na sociedade enquanto cidadãos conscientes e plenos.

Isso sem levar em conta, competências do documento que também são abarcados pela educação midiática.

Como quero abordar as habilidades, vamos a algumas delas a seguir:

Leitura crítica

Ler criticamente exige domínio de, primeiramente interpretação de textos, e depois de pesquisa, busca e curadoria de informações, capacidade de avaliar com discernimento e isenção a qualidade e a intenção da informação encontrada, compreensão do papel da mídia e o direito à comunicação e refletir sobre o que não foi dito.

Para desenvolver essa habilidade é preciso que os estudantes adquiram o poder de realizar a análise crítica da mídia em qualquer formato, por meio da leitura reflexiva, entendendo algumas questões prioritárias para que essa análise seja feita de forma adequada. Entre essas questões estão o papel da mídia na sociedade, o direito à comunicação e a garantia da liberdade de expressão; ponto de vista, opinião, partidarismo e objetividade; produção e circulação de informações na mídia e em outros ambientes; poluição informacional, causas e consequências; a comunicação das marcas por meio de canais próprios, parcerias, conteúdo patrocinado e influenciadores; a fusão de papéis de autor e consumidor de informação e suas consequências, o papel das mídias sociais digitais, e por aí vai.

Letramento da Informação

O estudante deve apropriar-se, por meio do processo de ensino e de aprendizagem, de técnicas de busca e pesquisa, curadoria e produção de conhecimento, com habilidades para ter a capacidade de utilizar termos e operadores de busca; avaliar criticamente o propósito e a qualidade da informação encontrada; utilizar mecanismos de checagem da informação; utilizar a informação respeitando as regras de propriedade intelectual, e saber como os algoritmos agem durante o processo de busca.

Escrever com responsabilidade

É necessário que os estudantes entendam que a possibilidade de poder produzir, compartilhar ou comentar conteúdos nas mídias sociais digitais exige que se expressarem de forma clara, assertiva, autônoma e responsável.

Por isso, precisam desenvolver a autoexpressão e aprender a usar adequadamente dados, textos, áudio, imagens, fotos, infográficos; devem entender que cada mídia tem sua linguagem própria, adaptando o conteúdo a cada formato de mídia; precisam justificar suas escolhas criativas e estéticas com coerência; analisar as vantagens e as desvantagens de cada ferramenta de acordo com o propósito; além de colocarem em prática a análise e a autorreflexão enquanto autores.

Letramento e fluência digital

Diz respeito à habilidade de os alunos acessarem vasta gama de ferramentas digitais e terem flexibilidade para localizá-las e, sobretudo, e adaptar-se a elas, dominando um repertório básico de recursos para a produção e o compartilhamento de conhecimento.

Participação ativa

Por meio da leitura e a escrita os estudantes devem participar de maneira crítica e responsável da sociedade, promover a cultura da informação verdadeira e construtiva, combatendo a desinformação e os discursos de ódio, intolerância e preconceituosos que permeiam o cotidiano de todos.

Para isso, é fundamental o desenvolvimento de habilidades criativas e de resolução de problemas, com a utilização dos recursos de mídia para construir narrativas dedicadas a alguma causa ou serviço, como pede a cidadania digital.

Trabalhar a Educação Midiática no dia a dia é mais simples do que parece…

Para começar, basta estimular o estudante a sempre questionar ou mesmo duvidar da informação, ao invés de consumi-la como verdade absoluta.

Para esse início pode-se estimular a leitura reflexiva e crítica da seguinte forma – apenas um exemplo:

Indicar um conteúdo aos estudantes e convidá-los a questionar o texto, fornecendo alguns direcionamentos, que podem ser:

Analisar o conteúdo: se já ouviu falar sobre o tema abordado, se parece duvidoso, se está contextualizado, e nunca compartilhar se não tiver certeza do que está escrito alí;

Investigar a fonte: de onde vem o texto, se a fonte é confiável, quem é o autor, se há a data de publicação, verificar os comentários sobre o assunto, buscar mais informações sobre a fonte em sites confiáveis, etc.;

Buscar informações detalhadas sobre o assunto do conteúdo: sempre pesquisar em outras fontes sobre o tema e comparar os dados;

Descobrir o contexto original do assunto tratado: saber em que contexto o fato ocorreu evita que as mensagens sejam manipuladas. Isso significa que é preciso ir direto à fonte que produziu a notícia para ter certeza de que está correta.

A partir de qualquer texto, o professor sempre pode aguçar a leitura reflexiva e a análise crítica, realizando perguntas como:

Os fatos se sustentam? Buscar evidências. Quem criou o conteúdo? É certo que se pode confiar nesta fonte? Pesquisar a fonte. Qual é a história toda, na íntegra? Identificar o contexto. Para quem o conteúdo foi criado e direcionado? Descobrir o público-alvo da informação. Por que foi produzido? Analisar a intenção, objetivo real da mensagem. Como a informação é apresentada ao público-alvo? Que impacto que ela causa nele?

Ao responderem a essas questões, provavelmente os alunos terão dados para avaliarem se a informação está correta, se é confiável, qual o objetivo da mensagem e poderão formar suas opiniões a respeito do tema.

Continue acompanhando nossas postagens. A próxima será sobre outras formas de levar a educação midiática aos estudantes, independentemente da disciplina.

 Por Sandhra Cabral

Mestre em Inovação na Comunicação de Interesse Público pela USCS/USP, com área de pesquisa voltada ao uso da comunicação em Comunidades de Prática Virtuais para a atualização e formação continuada de professores e lideranças educacionais; educomunicadora, jornalista graduada pela UMESP – Universidade Metodista do Estado de São Paulo; docente universitária na USCS – Universidade Municipal de São Caetano do Sul; CEO do Educar para Ser Grande, Consultora em Inovação na Educação e em Educomunicação. Jornalista premiada, com mais de 25 anos de experiência em hard news.

Instagram: @educarparasergrande

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram

Tags:

RECOMENDADO PARA VOCÊ

Artigos

O que a educação pode fazer contra a cultura do cancelamento?

A responsabilidade da escola sobre a cultura do cancelamento.
2021-06-22-11-21-44-438

Artigos

Impactos da cultura do cancelamento na escola

Quais são os impactos da cultura de cancelamento na escola?
2021-06-22-11-21-44-438

Inteligência Artificial: avanços dessa tecnologia exigem respostas novas da educação

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Inteligência Artificial: avanços dessa tecnologia exigem respostas novas da educação

Duração palestra: 60 minutos
Duração Workshop: 90 minutos

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

O objetivo da palestra é abordar a Inteligência Artificial e os impactos dela na educação. A AI já está entre nós e entre os nossos estudantes, então, como a escola deve se movimentar para integrar a AI e oferecer aprendizagem significativa para os alunos?

Responsável:
Sandhra Cabral

E-mail de contato:
cursos@educarparasergrande.com.br

Roteiro da palestra

  • Inteligência Artificial: benefícios e desafios para a educação
  • Repensando o atual sistema educacional baseado no conhecimento
  • Apropriando-se das ferramentas de AI para aplicar em sala de aula
  • Inteligência Artificial e educação midiática de nossos estudantes
  • AI em atividades, pesquisas e produção de conteúdos acadêmicos
  • AI na gestão escolar e na otimização de processos
  • AI utilizada por docentes na preparação de aulas, na preparação de avaliações e no estímulo à construção de conhecimento

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Entre em contato também pelo e-mail ou no nosso canal do Telegram

Avaliação de Aprendizagem: processo de inclusão de estudantes e retroalimentação do processo de ensino

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Avaliação de Aprendizagem: processo de inclusão de estudantes e retroalimentação do processo de ensino

Duração palestra: 60 minutos
Duração Workshop: 90 minutos

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

O objetivo da palestra é mostrar os fundamentos gerais da Avaliação de Aprendizagem; diferenças entre avaliar e examinar; intencionalidades e momentos da avaliação de aprendizagem e premissa fundamentais da avaliação como processo de inclusão.

Responsável:
Sandhra Cabral

E-mail de contato:
cursos@educarparasergrande.com.br

Roteiro da palestra

  • Conceitos sobre avaliação de aprendizagem
  • Diferença entre avaliar e examinar
  • Parâmetros e instrumentos úteis à avaliação de aprendizagem
  • Compreender o processo avaliativo como instrumento de inclusão
  • Importância do processo avaliativo como mecanismo de retroalimentação do processo de ensino e de aprendizagem
  • Elementos e estratégias de inclusão em meio a processos avaliativos
  • Promoção da ideia de que o processo avaliativo considera e valoriza diferenças durante a aprendizagem
  • Destacar a importância da avaliação formativa e das devolutivas pedagógicas (feedbacks)
  • Desenvolver o olhar avaliativo cujo foco é o estudante

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Entre em contato também pelo e-mail ou no nosso canal do Telegram

Cidadania digital em sala de aula e fora dela

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Cidadania digital em sala de aula e fora dela

Duração palestra: 60 minutos
Duração Workshop: 90 minutos

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

O objetivo é levar aos educadores as principais problemáticas da cidadania digital aplicada ao contexto escolar, como a proteção à privacidade, a segurança da informação, acessibilidade, o ecossistema da vida civil digital, o combate a violências online e o uso de recursos educacionais abertos e gratuitos, conectando-os à BNCC e as diretrizes da Educação Profissional e Tecnológica, com foco no desenvolvimento do trabalho com crianças e jovens.

Responsável:
Sandhra Cabral

E-mail de contato: cursos@educarparasergrande.com.br

Roteiro da palestra

  • Apresentar aos educadores o conceito de cidadania digital e sua relação transversal com a educação básica e também do ensino médio, por meio de leis e marcos legais no Brasil a respeito do uso de internet
  • Abordar a proteção básica e enfrentamento de violências na
  • Internet, como bullying, divulgação de vídeos particulares na rede ou ameaças
  • Compartilhar sugestões de atividades práticas sobre segurança e cidadania digital 
  • Caminhos possíveis para a resolução de situações envolvendo violências online, incluindo canais de ajuda e denúncia
  • Responsabilidade e cidadania no uso da internet, por meio do letramento informacional

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Entre em contato também pelo e-mail ou no nosso canal do Telegram

Comunidade de Prática Virtual para atualização profissional docente e de gestores dentro das escolas

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Comunidade de Prática Virtual para atualização profissional docente e de gestores dentro das escolas

Duração palestra: 60 minutos
Duração Workshop: 90 minutos

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Objetivo da palestra é capacitar docentes, coordenadores e gestores a atuarem em Comunidades de Prática Virtual para construção de novos conhecimentos, pesquisas, rubricas, formas diferenciadas de avaliação; desenvolvimento de novos protocolos ou melhoria dos já existentes; aperfeiçoamento de ações de aprendizagem ou desenvolvimento de novas práticas; apropriação de novas tecnologias; solução de problemas; e monitoramento de novos projetos.

Responsável:
Sandhra Cabral

E-mail de contato: cursos@educarparasergrande.com.br

Roteiro da palestra

  • Conceito, aplicabilidade e objetivos de uma CoPV
  • Como criar uma CoPV
  • Desenvolvimento, implementação e operacionalidade de uma CoPV
  • Trabalho na CoPV e como promover engajamento e construção de conhecimento conjunto
  • Atuando em equipe para o aperfeiçoamento de todos
  • Comunidade de Prática Virtual na Prática

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Entre em contato também pelo e-mail ou no nosso canal do Telegram

Gestão da Comunicação Escolar com foco na melhoria do processo de aprendizagem

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Gestão da Comunicação Escolar com foco na melhoria do processo de aprendizagem

Duração palestra: 60 minutos
Duração Workshop: 90 minutos

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

O objetivo é revelar os benefícios da gestão da comunicação escolar para uniformizar, engajar e gerar proatividade por parte da equipe de docentes, funcionários, pais, comunidade escolar e alunos, quando ela é gerida da forma correta.

Responsável:
Sandhra Cabral

E-mail de contato: cursos@educarparasergrande.com.br

Roteiro da palestra

  • Gestão da Comunicação Escolar: o que é e qual é a sua finalidade
  • Impactos positivos da boa gestão da comunicação escolar para o processo de aprendizagem
  • Impactos positivos da boa gestão da comunicação escolar para o engajamento e geração de proatividade de docentes, funcionários e pais
  • Ferramentas e estratégias para implementar uma gestão da comunicação escolar de excelência na escola e/ou na rede de ensino
  • Prática: usando a gestão da comunicação escolar para equacionar problemas no processo de ensino e de aprendizagem

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Entre em contato também pelo e-mail ou no nosso canal do Telegram

Comunicação assertiva, não-violenta e escuta ativa a favor do processo de aprendizagem

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Comunicação assertiva, não-violenta e escuta ativa a favor do processo de aprendizagem

Duração palestra: 60 minutos
Duração Workshop: 90 minutos

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Apresentar aos docentes e gestores educacionais a relevância da boa comunicação com os estudantes para o sucesso do processo de ensino e de aprendizagem. No caso de gestores, reflexo da boa comunicação para o engajamento da equipe.

Responsável:
Sandhra Cabral

E-mail de contato: cursos@educarparasergrande.com.br

Roteiro da palestra

  • Comunicação Assertiva, Comunicação Não-violenta e Escuta ativa: conceitos
  • Diferença e objetivos de cada uma delas na educação
  • Como desenvolvê-las no dia a dia da escola (com estudantes e pais)
  • O que muda no processo de aprendizagem a partir da boa comunicação e da escuta ativa
  • Uso da Escuta Ativa e da Comunicação Não-violenta na resolução de conflitos, desavenças, problemas provocados por ruídos comunicativos e no combate ao bullying
  • Prática: como a escola pode desenvolver estratégias da boa comunicação entre todos os seus players, na busca por resolução de seus problemas?

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Entre em contato também pelo e-mail ou no nosso canal do Telegram

Educação não-sexista: necessária para um futuro igualitário entre os gêneros

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Educação não-sexista: necessária para um futuro igualitário entre os gêneros

Duração palestra: 60 minutos
Duração Workshop: 90 minutos

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

O objetivo é apontar caminhos de como levar a educação não- sexista para a educação formal, de forma transversal, com a finalidade de desconstrução de conceitos e padrões preconceituosos e violência de gênero.

Responsável:
Sandhra Cabral

E-mail de contato: cursos@educarparasergrande.com.br

Roteiro da palestra

  • Educação não-sexista: o que é
  • Porque a escola do século XXI deve promover a equidade entre os gêneros no ensino formal
  • Educação não-sexista e os padrões de preconceito perpetuados pela escola e pelos pais
  • Como levar a educação não-sexista para a rotina das aulas de forma transversal e naturalmente
  • Como trazer a educação não-sexista para as mais variadas áreas de conhecimento da educação básica

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Entre em contato também pelo e-mail ou no nosso canal do Telegram

Aprendizagem por meio de projetos: porque adotá-los e como desenvolvê-los em linha com a BNCC

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Aprendizagem por meio de projetos: porque adotá-los e como desenvolvê-los em linha com a BNCC

Duração palestra: 60 minutos
Duração Workshop: 90 minutos

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

O objetivo é apresentar aos docentes e gestores educacionais a aplicabilidade da aprendizagem por meio de projetos e os projetos integrados interdisciplinares nas séries da educação básica, para o desenvolvimento das competências e habilidades da BNCC e nos itinerários formativos do Ensino Médio.

Responsável:
Sandhra Cabral

E-mail de contato: cursos@educarparasergrande.com.br

Roteiro da palestra

  • O que é aprendizagem por meio de projetos e quais os impactos positivos dessa metodologia no processo
  • Projeto integrado interdisciplinar e seu objetivo na educação
  • Porque a aprendizagem por projetos e os projetos integrados interdisciplinares estão em linha com a BNCC e itinerários formativos do ensino médio
  • Fases do projeto integrado interdisciplinar e a educação básica
  • Apropriando-se do PII
  • Como o corpo docente deve proceder para cria-lo e desenvolvê-lo para cada turma, atuando como professor-mediador.

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Entre em contato também pelo e-mail ou no nosso canal do Telegram

Educação Midiática, Inteligência Artificial e Novos Letramentos na prática docente

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Educação Midiática, Inteligência Artificial e Novos Letramentos na prática docente

Duração palestra: 60 minutos
Duração Workshop: 90 minutos

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

O objetivo é apresentar aos docentes e gestores educacionais a importância de preparar crianças e jovens para o uso intencional da internet, como ela funciona, riscos a que estão submetidos nas redes, e como identificar e descontruir notícias falsas. Impactos dos algoritmos, bolhas e Inteligência Artificial nos conteúdos pesquisados na web.

Responsável:
Sandhra Cabral

E-mail de contato: cursos@educarparasergrande.com.br

Roteiro da palestra

  • Letramento digital e letramento informacional: o que é, para que serve e como incluí-los nas disciplinas transversalmente
  • Educação midiática: o que é e para que serve
  • Entendendo como realizar pesquisas assertivas e altamente producentes na internet
  • Como funciona a internet: algoritmos e bolhas nas redes sociais digitais
  • O que é fake News, indústria de produção de notícias falsas e como se propagam
  • Impacto nocivo das fakes News na sociedade
  • Identificação de notícias falsas: como desconstruí-las para encontrar o conteúdo verdadeiro 
  • Desmistificando a Inteligência Artificial e como impacta conteúdos pesquisados e ações na Internet

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Entre em contato também pelo e-mail ou no nosso canal do Telegram

Educomunicação na prática docente: estratégias para o desenvolvimento de competências e habilidades do século XXI

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Educomunicação na prática docente: estratégias para o desenvolvimento de competências e habilidades do século XXI

Duração palestra: 60 minutos
Duração Workshop: 90 minutos

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Essa palestra tem por objetivo apresentar aos docentes e gestores escolares o processo de ensino pela e para a mídia, que utilizado com apropriação e intencionalidade, engaja os estudantes na construção de conhecimento, desenvolvendo também competências e habilidades listadas pela BNCC, como análise crítica e analítica, capacidade de trabalho em grupo, cultura digital, argumentação, protatividade e autonomia, engajamento e comunicação.

Responsável:
Sandhra Cabral

E-mail de contato: cursos@educarparasergrande.com.br

Roteiro da palestra

  • O que é educomunicação?
  • Quais os papéis da educomunicação no processo de ensino e aprendizagem?
  • Características de um professor educomunicador
  • Como inserir as estratégias da educomunicação no ensino formal de transversalmente nas disciplinas ou em projetos
  • Educomunicação, BNCC e Ensino Médio: aplicação prática

Quer levar essa palestra para sua escola, rede de ensino, evento ou congresso?

Entre em contato também pelo e-mail ou no nosso canal do Telegram